Aeroporto de Brasília é eleito o melhor durante o período do Carnaval

 Aeroporto Internacional de Congonhas e Guarulhos (SP)Com início durante o dia 12 de fevereiro, a Operação Carnaval aconteceu nos principais aeroportos do Brasil. Forças extras foram criadas para garantir que os maiores terminais conseguissem atender a forte demanda de passageiros que circularam pelos locais. O final da operação aconteceu dia 23 de fevereiro.

Desta forma, o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek foi escolhido como o melhor terminal da Operação. A primeira colocação dentre aeroportos do Brasil foi alcançada através de pesquisa de satisfação entre os passageiros de sete aeroportos, que totalizam cerca de 70% do movimento orgânico para todo os dias do Carnaval. Os outros aeroportos que receberam equipes de pesquisa foram: Aeroporto Internacional Riogaleão e Santos Dumont (RJ), Aeroporto Internacional de Congonhas e Guarulhos (SP), Aeroporto Internacional de Brasília, Recife e Salvador.

Os passageiros foram questionados sobre questões que envolvem a estrutura, prestação de serviços, limpeza dos aeroportos e tempo de espera em filas, por exemplo. A pesquisa também levou em consideração a “satisfação geral do passageiro”. Para chegar aos resultados, o levantamento trabalhou com uma escala de 1 a 5, onde 1 é a menor nota possível e 5 a maior. A pesquisa foi encomendada pela Secretaria de Aviação Civil (SAC) à Praxiam – Business & Marketing.

Com pontuação de 4,4 em relação ao indiciador “satisfação geral do passageiro”, o Aeroporto Internacional de Brasília atingiu o topo entre os aeroportos pesquisados. Já o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (RIOgaleão) recebeu a pior avaliação entre os sete terminais, alcançando apenas 3,7 pontos de média.

De acordo com a empresa responsável pela pesquisa, os dados coletados possuem 95% confiabilidade, já a margem de erro fica em 5%. A empresa também explica que este tipo de levantamento é realizado trimestralmente nos principais terminais do Brasil. E, em períodos de grande movimento como no Carnaval e festas de fim de ano existem pesquisas específicas.

Durante o período de Carnaval, os aeroportos do Brasil registraram aumento de 6% na quantidade de voos domésticos e internacionais em relação ao mesmo período do ano anterior. Já o percentual de atrasos, segundo a SAC diminuiu, ficando em apenas 6% dentre todos os aeroportos pesquisados.

 Aeroporto Internacional de Congonhas e Guarulhos (SP)

Receita aumenta cerco e passageiros precisam estar preparados

Recentemente publicamos aqui no site que a Receita Federal vai iniciar fiscalizações maus austeras em relação às cotas das compras realizadas no exterior. A partir do primeiro semestre de 2015, quem estiver voltando ao país em voos principalmente vindos dos Estados precisa estar sabendo de suas responsabilidades.

Tudo porque, a Receita Federal brasileira irá cruzar dados regressos dos passageiros (através do Passaporte) com dados fornecidos pelas companhias aéreas, através do peso da bagagem na ida e na volta.

Pelo meio deste sistema, chamado de Big Brother, será possível classificar “comportamentos suspeitos” em aeroportos nacionais que operam voos vindos do exterior.

O foco da Receita é coibir a venda de mercadorias estrangeiras sem o pagamento de impostos de importação, o que configura sonegação, assim como o tráfico de drogas. Porém, os turistas também estarão na mira do órgão.

Este sistema já é utilizado em diversos aeroportos ao redor do mundo. Apesar de não ter sido recebido com bons olhos pelos turistas, ele é benéfico ao país, pois coíbe a sonegação e fortalece a indústria nacional.

Aos passageiros que estiverem com passagens aéreas compradas para o exterior podem observar abaixo o que pode ser trazido em voos internacionais assim como as quantidades de cada item. Segue a lista.

Produtos que podem trazidos em voos sem pagamento de taxas desde que não ultrapassem a cota de US$ 500:

 

  • 25 charutos e cigarrilhas;
  • 12 litros de bebidas alcoólicas;
  • 10 maços de cigarros;
  • 250gr de fumo;
  • 20 tipos de souvenires diferentes. Vale lembrar que as “lembrancinhas” não sejam todas iguais e não podem custem mais de US$ 10 cada;
  • 20 unidades de produtos não citados na lista acima, desde que não tenham três itens iguais.

 

Produtos que podem ser trazidos nos voos, sem pagamento de taxas e considerados para uso pessoal;

 

  • Tênis: desde que o número de pares esteja de acordo com os dias da viagem;
  • Tablets, smartphones e notebooks: eletrônicos só são taxados se ultrapassarem a cota de US$ 500.
  • Roupas: desde que o número de itens esteja de acordo com os dias da viagem. Vale lembrar que enxovais para bebês que não estejam presentes no voo serão taxados;
  • Perfumes: podem ser trazidos desde que não estejam na caixa e ser comprovado o uso pessoal;
  • Câmera fotográfica: podem ser traduzidas desde que seja a única da bagagem e esteja em uso;

 

Não podem ser trazidos em voos como bagagem e serão tributados

 

  • Pneus e itens utilizados pela indústria

 

Não podem ser trazidos ao Brasil (passageiros que possuírem alguns desses itens em sua bagagem poderão ser presos)

 

  • Produtos brasileiros que possuem venda exclusivamente no exterior como cigarros e bebidas;
  • Produtos falsificados;
  • Produtos geneticamente modificados;
  • Agrotóxicos;
  • Drogas;
  • Produtos de origem vegetal e animal (existem exceções, como o café).

 

Qantas e LAN anunciam ampliação de codeshare

Qantas e LAN

Durante a semana passada foi anunciando pela companhia australiana Qantas a venda de passagens aéreas através do sistema codeshare.

A empresa anunciou codeshare (voos compartilhados) com a operadora de linhas aéreas chilena LAN. Desta forma, os voos com saída da cidade do Rio de Janeiro (Aeroportos Galeão e Santos Dumont) ou São Paulo (Aeroporto de Viracopos) com destino a Sydney (Austrália) com conexão em Santiago poderão ser compradas através de uma única passagem aérea.

Os voos codeshare também são válidos para voos da empresa chilena LAN entre a cidade de Santiago e Auckland, na Nova Zelândia e Sydney.

A Quantas anunciou na mesma ocasião que, a partir do dia 21 de novembro irá aumentar o número de voos entre Santiago e Sydney. Serão ao todo quatro voos semanais, sempre operados aos sábados, sextas, quartas e segundas – feiras.

Sobre a Qantas

A Qantas é uma empresa aérea da Austrália, considerada a terceira mais antiga do mundo. Qantas é a palavra formada da junção de Queensland and Northern Territory Aerial Services Ltd.

Criada durante o ano de 1920, a Qantas começou a operar voos com aviões biplanos Avro504. Os primeiros voos eram somente para passeios.

Os primeiros voos comerciais começaram a ser operados com aeronaves De Havilland 61.

Qantas e LANDurante o ano de 1928, a Qantas começou a operar voos que levavam médicos para as regiões mais isoladas do país. Já durante o ano de 1934, em parceria com a Imperial Airways, iniciou seus voos para o continente europeu.

No final da década de 1930, a Qantas iniciou a operação de voos que utilizavam hidroaviões em trajetos para a cidade de Londres. Serviço interrompido durante a Segunda Guerra Mundial.

Aeroportos regionais podem receber os mesmos serviços da Copa

Passado o período da Copa do Mundo é chegado o momento de avaliações e balanços sobre os aeroportos brasileiros. Após levantamento de dados confirmou – se o que que já havia sendo ventilado entre a sociedade: sucesso absoluto.

O êxito obtido pelos aeroportos brasileiros durante o período dos jogos servirá de exemplo para a realização de eventos futuros. O próximo acontecimento que trará muitos voos ao país será a realização da Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016. Porém o sucesso alcançado pelos aeroportos nacionais também servirá de base para as operações de terminais regionais.

O número baixo de atrasos de voos e as acomodações modernizadas foram resultados de planejamento intenso e integração satisfatória entre órgãos estatais e empresas privadas. Segundo o diretor de Gestão Aeroportuária da Secretária de Aviação Civil (SAC), Paulo Henrique Possas, todos os aeroportos devem seguir os mesmos passos e assim, aumentar as experiências positivas dos usuários.

Para o executivo é fundamental aproveitar todas as lições que a experiência proporcionou. A integração entre União e empresas privadas durante a Copa do Mundo deve servir de exemplo positivo a partir de agora. Paulo Henrique ainda saliente que o os aeroportos brasileiros vivem uma boa fase desde a realização de eventos internacionais de grande porte por aqui.

A Copa do Mundo representou o maior dos eventos, mas os aeroportos brasileiros já haviam se saído muito bem em eventos como a Jornada Mundial da Juventude, Rio + 20 e a Copa das Confederações.

O executivo acredita que para que o governo tenha sucesso no plano de revitalização da aviação civil, é necessário manter o mesmo nível de serviços prestados durante os jogos. Atletas, imprensa, turistas e organizadores foram recebidos de forma muito satisfatória em aeroportos internacionais e isso deverá também acontecer em terminais regionais.

 Aeroportuária da Secretária de Aviação CivilO caminho para a tal excelência ainda é longo, mas acredita – se que os aeroportos regionais conseguirão chegar neste nível em breve. O mais difícil já foi feito, segundo Possadas. Agora é apenas necessário manter o alto nível nos grandes centros e dar condições para que terminais menores também façam sua parte.

Os passageiros precisam cada vez mais se sentir contemplados e respeitados quando forem utilizar os serviços dos aeroportos nacionais.

Conheça os espaços dentro dos aviões das companhias de linhas aéreas

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) desenvolveu um modelo de análise e classificação do espaço entre poltronas das aeronaves das companhias de linhas aéreas que operam voos no Brasil. Desta maneira, foi estabelecido uma escala de espaço, que conta com uma variação de A, mais espaçoso, para E, mais apertado. Como o espaço não é o único quesito a ser levado em conta quando fala-se em conforto durante os voos operados pelas companhias de linhas aéreas, outros as pectos como entretenimento a bordo também devem ser analisados, principalmente em trajetos mais longos.

Com relação ao espaço entre poltronas, a Azul Linhas Aéreas conta com a maior parte de suas aeronaves com os assentos classificados dentro da categoria A. Para o passageiro saber qual a classificação de cada avião da empresa, basta ver que os turbohélices ATR a serviço da empresa são todos categoria “A”. Os jatos Embraer são categoria “B”.

A Avianca Linhas Aéreas é a única companhia a ter 100% de sua frota com classificação A. A companhia tem Fokker-100, e Airbus A318,A319 e A320.

A Gol é a única companhia de linhas aéreas com aviões na categoria “E”, a mais apertada. A maior parte da frota, formada por 737-700 e 737-800, está na categoria B. Para o viajante saber em qual categoria irá voar, deverá clicar sobre o número do voo no momento da compra, que a categoria do assento é indicada na página.

A TAM Linhas Aéreas conta com assentos mais espaçosos em todas as aeronaves que operam nas rotas internacionais mais longas Airbus A330, Boeing 767 e Boeing 777). Os aviões que fazem principalmente voos domésticos se enquadram nas faixas “B” (Airbus A321) e “C” (A319 e A320). Para consultar qual a classificação do assento das aeronaves em que pretendem comprar a passagens aéreas, os clientes deverão clicar no número do voo e depois na opção “classificação Anac”.

LATAM participa da ABAV

LATAMO grupo de empresas de linhas aéreas Latam Airlines participará do maior evento do setor, a 41ª Abav – Feira de Turismo das Américas, promovido pela Associação Brasileira de Agencia de Viagens. Dentre os dias 4 a 8 de setembro, o grupo, por meio de uma parceira inédita com a Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp), realizará palestras e painéis diários que abordarão temas relevantes para o segmento corporativo.

O espaço reservado para o grupo de linhas aéreas será na Vila do Saber, espaço reservado para a realização de painéis sobre atualidades e tendências do turismo. A programação contará com temas como comunicação digital e self-booking (ferramenta on-line que permite ao cliente reservar diretamente, enviar para aprovação e emissão tanto o bilhete quanto a reserva do hotel), formas de fidelizar o cliente corporativo, além de estratégias de apresentação de pacotes para o consumidor final serão discutidos. Cada um destes painéis será acompanhado por 100 agentes de viagem, capacidade da sala criada na parceria entre a Abracorp e o grupo de linhas aéreas.

Dentro do estande do grupo, haverá um espaço reservado para a apresentação dos novos Boeing 767 ao público. As aeronaves serão incorporadas à frota da TAM Linhas Aéreas até novembro desse ano e estarão disponíveis com 221 assentos, sendo 30 lugares na classe Executiva e 191 na Econômica.O destaque desta aeronave está na classe executiva, que conta com o conforto do assento full flat, com inclinação de 180º, da maior distância entre as poltronas e do serviço de entretenimento de bordo remodelado, também disponível para a classe econômica.

Outro ponto de destaque é a segunda participação do grupo após a fusão entre TAM Linhas Aéreas e LAN, assim o público poderá conhecer melhor os ganhos do grupo com a sinergia entre as empresas, como preço, equipe de atendimento e a total integração das malhas aéreas das duas empresas, uma das maiores do mundo.

LATAM

Aerolíneas Argentinas divulgam estimativas para o fim do ano

O presidente da companhia de linhas aéreas Aerolíneas Argentinas, Mariano Recalde, afirmou durante entrevista ao Travel Update que a empresa deve fechar o ano com oito milhões de passageiros transportados em seus voos.

Aerolíneas Argentinas

Recalde comentou: “Quando o Estado recuperou a empresa, em 2009, eram cinco milhões. No ano passado transportamos mais de sete milhões e esse ano as projeções mostram que vamos ultrapassar os oito milhões”. Segundo dados divulgados pela empresa de linhas aéreas argentina, o seu segundo maior emissor de voos é o Aeroparque Jorge Newbery, que vem apresentando o maior crescimento dentre todos. No entanto, o aeroporto metropolitano é o que tem maior fluxo de passageiros da companhia.

Aerolíneas Argentinas é a maior companhia de linhas aéreas da Argentina, tanto em voos internacionais como domésticos. Além disto, é responsável por cerca de 80% dos voos domésticos e 40% dos internacionais que partem do Aeroporto Internacional Ministro Pistarini, localizado na região de Ezeiza, em Buenos Aires. Aerolíneas Argentinas e LAN Airlines são as únicas empresas de linhas aéreas latino-americanas que voam à Oceania. A companhia é mundialmente conhecida por oferecer os voos comerciais que passam mais próximos à Antártida, na rota entre Buenos Aires e Sydney. Os voos da companhia de linhas aéreas que ligam Buenos Aires à Sydney cruzam o Oceano Antártico (ou extremo sul do Oceano Pacífico), passando a cerca de 435 km ao norte da Ilha Siple, localizada no litoral da Terra de Marie Byrd, na Antártida.

Em julho de 2008 o Grupo Marsans foi obrigado a se retirar do comando da companhia pelo estado argentino por dívidas que chegavam ao valor de 890 milhões de dólares. O governo argentino então decidiu estatizar a empresa com o objetivo de manter os empregos e as rotas em funcionamento. Após inúmeras negociações com a oposição que era contra a entrada do estado e o pagamento das dívidas herdadas da administração passada, o projeto foi aprovado no senado argentino em setembro de 2008 e transformado em lei em dezembro do mesmo ano. Em Janeiro de 2009 a presidenta argentina Cristina Kirchner nomeia uma nova diretoria para administrar a empresa. Essa nova diretoria terá como missão renovar a empresa com a compra de novos aviões e a reativação de rotas abandonadas após a crise vivida pela empresa.

Aerolíneas Argentinas

TAM Linhas Aéreas fecha parceria com Ethiopian

TAM Linhas AéreasA TAM é a maior companhia de linhas aéreas do Brasil, assim como de toda a América Latina. Atualmente a empresa é uma das 20 maiores do mundo e líder no Hemisfério Sul em número de passageiros transportados. Sua sede está localizada em São Paulo, cidade na qual estão dois dos seus principais centros de operações (ou hub), Aeroporto de Congonhas e Aeroporto Internacional de Guarulhos. Além destes, o Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek e o Aeroporto Internacional do Galeão também servem como principais centros de distribuição de voos da companhia de linhas aéreas.

A TAM se tornou membro da maior aliança aérea mundial, a Star Alliance, consolidando a estratégia de crescimento para ser uma das maiores companhias de linhas aéreas do mundo. Porém, após fusão com a LAN Airlines, terá de sair da aliança, conforme condição imposta pela autoridade financeira chilena que determinou que nenhuma companhia de linhas aéreas do grupo LATAM poderia fazer parte do mesmo grupo que a Avianca/Taca.

A empresa conta com uma frota composta por 160 aeronaves Airbus (A319, A320, A321, A330) e Boeing (B767 e B777) operam na malha aérea da TAM que conta com voos para países na América do Norte, América do Sul e Europa, a TAM conta com 19 destinos internacionais e 42 destinos em todos os Estados do Brasil. A TAM S.A. ainda possui mais duas companhias de linhas aéreas, a subsidiária paraguaia TAM Airlines e a regional Pantanal Linhas Aéreas. A Ethiopian Airlines anunciou que as emissões em parceria com a TAM estão liberadas no Brasil, no GDS.

Agora, voos internos no Brasil aparecerão no mesmo bilhete dos trechos internacionais, fazendo com que o passageiro possa embarcar e desfrutar de maior comodidade. Além disso, a segurança e facilidade em relação a bagagens e check in é bastante superior. O código TAM é JJ, a classe de reserva, W e o código de parcelamento no GDS, ET6.

TAM Linhas Aéreas

United Airlines lidera mercado americano

United AirlinesA United Airlines firma-se mais uma vez como a maior transportadora de passageiros internacionais de ou para os Estados Unidos. No primeiro semestre de 2013, a companhia de linhas aéreas transportou 14,6 milhões de passageiros, entre americanos e estrangeiros, em viagens internacionais de ou para os EUA. Na sequência, encontram-se as empresas de linhas aéreas American, com 10,9 milhões, seguida de Delta, com 10,1 milhões, US Airways, com 4,2 milhões e Air Canadá com 3,3 milhões. As informações são do Escritório de Viagens e Turismo do Departamento de Comércio dos Estados Unidos.

No primeiro semestre de 2013, asempresas de linhas aéreas que operam nos Estados Unidos transportaram 89,7 milhões de passageiros internacionais (crescimento de 4% sobre 2012), dos quais 40 milhões eram cidadãos americanos. Dos 89,7 milhões, 74% fizeram viagens de longa distância.A maior parte dos voos teve como ponto de partida ou chegada o aeroporto de Londres/Heathrow, com 6,7 milhões, seguido pelos aeroportos de Toronto, com 5,4 milhões, Tóquio/Narita, com 4,7 milhões, Cancun, com 3,4 milhões, e Frankfurt, com 3,1 milhões.

Dentro dos Estados Unidos, os aeroportos da região de Nova York dominam o ranking: Nova York/JFK recebeu ou embarcou 12,4 milhões de passageiros internacionais, seguido de Miami e Los Angeles, com 9,9 milhões e 8,5 milhões, respectivamente. Newark (na região de Nova York) ficou em quarto, com 5,7 milhões, seguido de Chicago, com 5,3 milhões.

A United Airlines é a segunda maior empresa de linhas aéreas dos Estados Unidos e do mundo, com uma frota de 560 aviões (embora a United planeje diminuir esse número para 450), e emprega 61 mil trabalhadores. Seu principal hub é o Aeroporto Internacional O’Hare em Chicago. A história da United Airlines começou no ano de 1926 com a fundação da Varney Air Lines realizando voos postais. Nos anos 90 a empresa estabeleceu-se como uma das duas maiores empresas de linhas aéreas americanas, ampliando suas linhas e deixando apenas de servir o continente africano.

United Airlines

TAP Linhas Aéreas é premiada pelo Aeroporto de Viena

A TAP Portugal MHIH, fundada a 14 de Março de 1945, mais conhecida como TAP Transportes Aéreos Portugueses, é uma companhia de linhas aéreas, a maior companhia aérea de Portugal, com sede no Aeroporto da Portela. É membro integrante da Star Alliance desde 14 de março de 2005, data dos 60 anos de existência da companhia de linhas aéreas. A rede de rotas da TAP compreende 80 destinos, em 36 países, através de quase 2 000 voos semanais, com uma frota de 55 aviões Airbus e outros 16 aviões em serviço da subsidiária Portugália Airlines. Em 1979, a as linhas aéreas mudaram o seu nome para TAP Air Portugal, voltando a mudar mais tarde para o nome operacional atual de TAP Portugal. Em 2012, a TAP esteve envolvida num processo de privatização em que o principal interessado, e único no fim do processo, foi o empresário Germán Efromovich.

Aeroporto de Viena

No dia 20 de Dezembro, o Governo português decidiu adiar para 2013 a venda da companhia. A TAP recebeu o título de “Best Performing New Airline” do Aeroporto de Viena, entregue durante o Vienna Airline Award Summer Event 2013. Entre as linhas aéreas presentes no Aeroporto de Viena, a TAP registrou o maior número de passageiros transportados em seus voos com nova rota, no ano passado. Com voos para Viena iniciados em 27 de maio de 2011, a TAP começou com cinco voos semanais e, com aumento na demanda, introduziu voos diários. A TAP tem registrado crescimento contínuo no volume de reservas de passagens aéreas, para o segundo semestre de 2013. Na cerimônia, Carlos Lourenço – representante da TAP para a Alemanha e Áustria – comentou: “Estamos, sem dúvida, orgulhosos por ter recebido o Vienna Airline Award. Mas, para além da alegria que este prêmio nos trouxe, vemos nele em primeiro lugar um estímulo para cada vez servir melhor os nossos clientes austríacos. Temos o dever de continuar a ser uma companhia fiável e a nossa prioridade é melhorar continuamente o nosso serviço”.

Aeroporto de Viena

X